Pensar no passado modificará o quê?

12/02/2017

   

Não podemos mudar o passado fisicamente, mas podemos mudar a forma como concebemos esse passado. Já ouvimos a expressão “tudo é uma questão de perspectiva”. O mundo é de acordo como o observamos. Cada um concebe de uma maneira, causa de desentendimentos em diversos âmbitos: relacionamento, trabalho, família, política, religião, futebol, entre outros. A forma como percebemos cada situação está relacionada com o nosso desenvolvimento, a noção do certo ou errado, princípios e valores. Não é possível uniformizar o pensamento humano, dá-se a diversidade humana. Diversidade esta, causa da beleza de ser humano. Vivemos o passado da maneira como podíamos naquele momento. Utilizamos os recursos, psicológicos e intelectuais, que eram cabíveis. Mas ao refletirmos sobre esse passado, poderemos mudar o presente. Olhar para o passado pode ser dolorido, mas não olhar é negar a própria existência. Compreendo que há coisas que queremos esquecer. E é bom que esqueçamos. Para esquecermos, deixá-las em um lugar que não nos assombre no presente, precisamos olhar para essas situações. Entendê-las de uma maneira que se torne confortável conviver com elas. Ao revivermos, na memória, um relacionamento, por exemplo, pode ser doloroso, mas possibilita que reflitamos sobre nossa conduta na relação passada. Naturalmente, em uma nova relação amorosa, a conduta será outra. Poderemos atrair ou sermos atraídos por pessoas de aspectos diferentes das que nos relacionamos. Aspectos estes que podem promover uma sintonia maior em uma nova relação. Refletir sobre o passado possibilita com que compreendamos melhor sobre quem somos nós. Depois de olharmos para esse passado, de construirmos uma perspectiva que nos acalente, o guardaremos em seu devido lugar: no passado.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Posts em Destaque

RESUMO

A exclusão de grande parcela da população brasileira do mercado de trabalho, devido a não escolarização, é fonte de questionamentos e de interes...

Quando a fala cala: o discurso de educadores sobre as dificuldades de aprendizagem

19/1/2018

1/7
Please reload

Artigos
Please reload

Siga-me nas Redes Sociais
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

Rua Emílio de Menezes, 76

Higienópolis
São Paulo, SP

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • YouTube - White Circle

Tel: (11) 2506-6494